Pular para o conteúdo

Como empreender do zero: 8 dicas de como tirar o seu negócio do papel

Como empreender do zero

Para muita gente, começar a empreender é a chance de ter uma renda fixa. Mas, saber como empreender do zero é um desafio e tanto e exige muito mais do apenas o exercício da atividade escolhida. 

É necessário muito planejamento e organização para construir um negócio sólido e sustentável. E entrar no mundo do empreendedorismo sem entender esses pontos cruciais, faz com que a maioria dos negócios fechem antes mesmo de completar o seu segundo ano. 

Se você quer saber como empreender do zero e ter sucesso, entenda primeiro o passo a passo do planejamento antes de começar a executar a sua atividade. E para te ajudar nessa jornada, separamos dicas e informações importantes aqui mesmo. Acompanhe!

O que é empreendedorismo? 

Empreendedorismo é o ato de empreender, e isso é independente da área de atuação ou do segmento. O termo é muito aplicado quando o assunto são novos negócios e empresas, mas empreender pode estar associado a execução de uma nova atividade em qualquer área da vida. 

Quem sonha em ter seu próprio negócio é um empreendedor, e pode começar logo a se organizar para isso. E então, quando tudo estiver funcionando, essa pessoa será uma empreendedora. 

Essa é uma atividade que está associada à inovação. Quem empreende traz novas soluções e oportunidades para o mercado e pode ter um futuro promissor quando bem planejado.

Como começar a empreender? 

Para começar a como empreender do zero e ter seu próprio negócio, alguns passos são fundamentais, tanto para se manter em dia e de fato poder abrir uma empresa, quanto para sobreviver nos primeiros anos. 

Qualquer empresa, seja ela de prestação de pequenos serviços ou de produção de algum produto precisa de muito estratégia e planejamento, para além dos primeiros passos de abertura do negócio. 

Por isso, selecionamos 8 passos que são essenciais para começar a explorar uma nova atividade e ser dono do seu próprio empreendimento:

Escolha um nicho 

Pode parecer óbvio, mas nem sempre quem empreende sabe que começa por um nicho específico. Mas esse é o primeiro passo, e um dos mais importantes. Afinal de contas, definir o nicho vai guiar estratégia de prospecção de clientes e de comunicação. 

Entenda que abarcar mais de um nicho não faz do seu negócio um empreendimento com mais chances de sucesso. Na verdade, estabelecer um foco é muito melhor do que abrir muito o leque e não conseguir entregar resultados satisfatórios. 

Primeiro de tudo, escolha bem o seu nicho de atuação.

Resolva toda a burocracia 

Para começar a como empreender do zero é preciso se resolver burocraticamente. No Brasil toda empresa precisa passar por muitos processos burocráticos, de registro e controle. 

E cada área tem as suas especificidades. Quem trabalha com alimentação, além da abertura de empresa, precisa passar por uma série de fiscalizações dos agentes sanitários, por exemplo. Então se organize bem para concluir toda a burocracia antes de abrir as portas. 

Se organize financeiramente 

Começar a como empreender do zero tem os seus desafios. Não espere que a empresa renda logo nos primeiros dias. É preciso muito planejamento financeiro para atuar com tranquilidade nos primeiros meses ou até anos. 

Por isso, analise o mercado, entenda qual é o tempo que a empresa precisa para poder destinar algum lucro e se controle para manter as portas abertas durante esse período. 

Tenha caixa para eventualidades 

Mesmo que o caixa faça parte do planejamento, essa é uma parte tão fundamental que se faz necessário o destaque. Além de precisar manter a empresa durante o período em que ela não trará grandes lucros, também é essencial ter um caixa para eventualidades. 

E elas podem estar relacionadas a tudo, desde problemas de infraestrutura, até de produção ou com colaboradores. Faça uma reserva de emergência para o seu negócio.

Planeja a sua comunicação e marketing

A criação de uma boa estratégia de comunicação e marketing é um dos primeiros passos que precisam ser desenvolvidos por quem quer empreender do zero. 

Esse é o momento de pensar em como atingir quem vai fazer a sua empresa ser rentável: o consumidor. Por isso, esse é um momento de imersão, de estudar a concorrência, a projeção e as tendências do mercado. 

Se mantenha atualizado sobre o mercado

Para entrar em um mercado é necessário entender como ele funciona, a sua história e como ele está projetado na atualidade. Afinal de contas, não adianta entrar em um mercado já saturado ou que não consegue ter projeção nos próximos anos’. 

Contrate especialistas, faça diagnósticos e acompanhe as mídias oficiais do nicho. Saiba tudo que está acontecendo para investir no lugar certo. 

Faça networking 

Quem quer saber como empreender do zero precisa fazer contatos. Conhecer quem está na caminhada a mais tempo e criar uma boa rede de contatos e apoio. 

Se integre nas redes sociais, vá para eventos no nicho que deseja investir e conheça quem já está no mercado. Essa é a principal fonte de informações sobre os desafios que você enfrentará nos próximos anos. 

Quem está no mercado também pode te guiar em novos passos para investimentos mais rentáveis e seguros. 

Faça análises de mercado constantes

Os diagnósticos de mercado são extremamente importantes. Eles guiam os investidores para as melhores oportunidades. Se manter atualizado quanto a situação do mercado que você estará inserido pode ser o grande diferencial. 

Separe um momento da estratégia para se atualizar sobre o nicho com regularidade. E não só pelos veículos comuns e oficiais, mas também pela sua rede de contatos. 

Conclusão 

Saber como empreender do zero é um desafio e tanto, mas pode gerar resultados incríveis. Para isso, é preciso um bom planejamento e uma execução séria de todos os passos listados. 

Acompanhe as principais tendências do mercado e saiba projetar o seu negócio com qualidade. Esteja sempre informado e bem relacionado. 

Não esqueça de que um empreendimento que obtém sucesso é aquele que consegue se manter sustentável por muitos anos, e isso demanda especialmente de quem está à frente dele.